Conheça todos os Tipos de Estoque

por | outubro 17, 2019

Fazer um gerenciamento adequado dos estoques é fundamental para um bom desenvolvimento dos processos logísticos de toda empresa, não importa qual seu tamanho ou segmento à que pertence, conhecer os tipos de estoque pode se tornar um diferencial.

O controle dos estoques tem o objetivo de fazer a correta administração dos produtos existentes, levando à otimização do tempo, bem como custos relacionados aos armazéns e galpões.

Quais são os tipos de estoque mais utilizados?

Existe uma grande variedade e formas de gerenciar o estoque.  Compreender quais são eles e as principais características de cada um é primordial, por isso listamos os principais abaixo:

· Estoque máximo

Como o próprio nome já diz, essa é a quantidade máxima de produtos que o estoque pode comportar, tanto devido à limitação na estrutura física quanto financeira. Dessa forma, quando o estoque máximo é atingido, deve ocorrer o bloqueio de novos pedidos.

· Estoque médio

É 50% do lote médio de fabricação ou até mesmo de compra, somado com o estoque de segurança estabelecido pela empresa.

· Estoque mínimo

É a menor quantidade de um item permitida em estoque. Quando esse nível é atingido, devem ser imediatamente realizadas ações para reposição.

· Estoque consignado

São os estoques da empresa que ficam em posse de seus clientes. Entretanto, a empresa cedente continua sendo o responsável pela posse dele.

· Estoque de antecipação

Este tipo é elaborado com o objetivo de equilibrar algumas flutuações que podem ser previstas na produção, entrega e até mesmo na demanda de um determinado produto.

· Estoque de contingência

Este estoque é pensado e mantido na empresa como uma segurança. Por meio dele a empresa é capaz de compensar eventuais falhas que podem ocorrer o sistema e produção.

· Estoque de proteção ou Hedge Inventory

Este tipo de estoque, como o nome sugere é mantido para que a empresa não se prejudique caso passe por algum problema grave em sua produção, aumento excessivo de preços e até mesmo greves.

· Estoque de segurança ou Safety Stock

Este tipo de estoque visa a garantia de entrega dos produtos caso ocorra um aumento inesperado na demanda. Além disso ele é útil também em casos de problemas de produção em que algum lote de produtos saia com defeito.

· Estoque em trânsito

É o nome dado ao estoque que está sendo transportado para que seja entregue.

· Estoque inativo

Neste tipo de estoque são incluídos os produtos ultrapassados, que não foram comercializados.

· Estoque pulmão

É a quantia de matérias primas ou até mesmo de produtos semi-acabados que ainda não foram processados. Geralmente esse número é pensado de maneira estratégica.

· Estoque regulador

Este tipo é frequentemente utilizados por empresas que possuem mais de uma unidade, onde uma delas possui um estoque maior de forma que possa suprir eventuais faltas de produtos nas outras unidades.

· Estoque sazonal

É pensado de forma a suprir um aumento na demanda futura que já é prevista, quando ocorre frequentemente por algum motivo cíclico.

· Dropshipping

Esse tipo de estoque é muito utilizado pelos e-commerces e marketplaces, devido ao seu baixo custo operacional. Quando uma venda é efetivada no site, o fornecedor já recebe automaticamente uma ordem para que realize o envio para o cliente, fazendo com que a empresa que vende não necessite de estoque.

 

Conclusão

Percebeu quantas tipos disponíveis para o gerenciamento dos estoques e a sua vital importância dentro de uma empresa?

Para que o estoque seja controlado da melhor forma possível é preciso conhecer os diversos tipos e suas aplicações. Dessa forma, a utilização adequada de cada um, é possível que a empresa mantenha seu estoque em um nível ótimo, de forma que todos os seus processos funcionem de maneira adequada.

Sistema Online de Gestão de Estoque

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *