Curva ABC na prática

By | 29 de dezembro de 2014

Nesse post elaboramos um guia passo a passo sobre como funciona a Curva ABC aplicada à Gestão de Estoques. O método ABC é uma maneira interessante para os gestores que buscam mais informações para  tomada de decisão estratégica, e permite identificar o grau de atenção que se deve ter para cada grupo de itens.

Esta é uma tarefa essencial para evitar a perda de itens de maior relevância ou descobrir a necessidade de se livrar deles antes do tempo ou não. Essa classificação não é difícil de ser executada, e dará ao gestor a informação necessária para otimizar a eficiência de toda a sua cadeia de suprimento.

Como funciona?

Se o gestor pretende montar uma curva ABC, inicialmente deve levar em conta todos os produtos que estejam armazenados em determinado período (no nosso caso 12 meses). Depois, cada item precisa ser registrado de acordo com fatores diversos, como valor unitário, descrição, quantidade e valor total (multiplicação do preço unitário pela quantidade), dentre outras características.

Dúvidas frequentes

Para que serve?
R: encontrar itens que merecem atenção, restringindo o foco do gestor para reduzir custos com administração e estrutura, otimizar as vendas e identificar produtos com alto e baixo giro.

Porque ABC?
R: divide materiais em 3 grupos por importância

Existem outros?
R: Sim. A ABC é por valor de consumo

O que é o princípio de Pareto?
R: 80% da riqueza da população em 20% da população. Previsto pelo economista Italiano Valfredo Parelo XIX.

No caso da gestão de estoque a divisão é feita da seguinte forma:

GRUPO A: materiais com maior valor, peso ou volume devem receber mais atenção. São mais importantes e quivalem a 20% dos itens – 70% do valor monetário

GRUPO B: Intermediários – 30% dos Itens, 20% do valor

GRUPO C: menor importância. Dão maior tempo para análise e tomada de decisão. 50% do estoque, 10% do valor.

Criando a sua tabela – Passo a Passo

Temos abaixo a tabela com dez itens de estoque, com os respectivos custos e quantidades consumidas anualmente.Vamos ao passo a passo que ensina como utilizar o método:

Passo 1 – Montando a tabela de produtos
Passo 2 – Ordenando pela coluna de Valor Total
Passo 3 – Calculando a porcentagem do valor em cima do total
Passo 4 – Calculando a porcentagem acumulada
Passo 5 –  Definindo a categoria dos itens
Passo 6 – Verificar os Dados

Passo 1 – Montando a tabela de produtos

O ideal seria trabalharmos com todos os produtos no estoque mas para aprendermos a dominar e entender bem o método vamos trabalhar com apenas 10 itens. Posteriormente extender para n produtos não seria difícil. Monte a tabela discriminando em 3 colunas as quantidades, valores unitários e o valor total que é a multiplicação da coluna de Quantidade com a de Valor Unitário.

Adicionamos também uma nova célula na base da coluna de “Valor TOTAL” para registrar a soma dos valores de todos os produtos. Veja como ficou na Figura 01:

tabela abc

Figura 01 –  Coluna de Código, Quantidade, Valor Unitário e Valor Total

 

Passo 2 – Ordenando pela coluna de Valor Total

Feito isso ordenamos as linhas ,do maior valor para o menor , pela coluna de Valor Total. Perceba, na Figura 02, que o item 3 passa a assumir a primeira linha da tabela por ser o que tem maior valor dentre os que estão sendo avaliados.

 tabela abc ordenada

Figura 02 – Ordenando a coluna de Valor Total

 

Passo 3 – Calculando a porcentagem do valor em cima do total e adicionando as duas colunas de %

O próximo passo é calcular quanto o valor total de 78.000 (produto 3) representa no valor de 138.683 (soma dos valores totais), que é o total do estoque. Basta adicionármos mais duas colunas na nossa tabela. Uma para a porcentagem relativa ao valor total de produtos e outra para a porcentagem acumulada.

Para cada linha da coluna de % divida o “Valor TOTAL” da linha (78.000) pela soma de todos os totais (138,683.00). Faça isso para todas as 10 linhas de produtos. Veja como ficou na Figura 03 logo abaixo:

tabela abc 12 meses

Figura 03 – Configuração da coluna de % em relação a soma dos totais

 

Passo 4 – Calculando a porcentagem acumulada

Calcula-se cada linha de porcentagem acumulada somando-se o valor anterior da porcentagem  acumulada com o valor da linha atual de porcentagem. Por exemplo, somamos o valor de 56,24% com o de 21.63% para obter o valor da segunda linha de porcentagem acumulada (77.88%). A coluna de porcentagem acumulada serve isolarmos e definirmos os produtos em grupos de alta , média ou baixa concentração.

passo 4

Figura 04 – Calculando as porcentagens acumuladas de cada linha

formulas abc

Figura 04.1 – Fórmulas das colunas de Valor e %

Passo 5 –  Definindo a classificação dos itens

Sendo escolhida a proporção (70x20x10) para os custos, poderiam ser encontrados os valores (10x30x60) para os itens, mas no nosso caso ficamos como (10x20x70) que é justamente quanto cada grupo representa do estoque.

O significado é o seguinte: 10% dos itens estariam representando 70% dos custos, 20% representando 20% dos custos e 70% representando 10% dos custos. A classifcação que vamos fazer será dada em relação a linha de “Valor (R$)”, como mostra a Figura 05.

GRUPO A = todos menores que 70%

GRUPO B = todos entre 70% e 90% (a soma de A e B)

GRUPO C = todos maiores que 90%

tabela referencia

Figura 05 – Tabela de referência para  a classificação ABC

O resultado é mostrado na Figura 06 logo abaixo:

tabela divisão abc

Figura 06 – Tabela pronta com os grupos já definidos

Deve-se calcular agora a relação entre os itens e os valores já calculados dos custos. No nosso caso, o total de itens é 10, ou seja, 10 corresponde a 100% dos itens em estoque.

Se Grupo A possui 1 item então corresponde a 10% do estoque  / Acumulado = 56,24%

Se Grupo B possui 2 itens então corresponde a 20% do estoque. / Acumulado = 32,45% (21,63 + 10,82)

Se Grupo C possui 7 itens então corresponde a 70% do estoque. / Acumulado = 11,31% (5,19 + 3,03 … + 0.11)

Se sua empresa reduzir 20% do valor em estoque do grupo A, irá gerar uma redução de 11,24% do total. Veja o cálculo:

20% x 56,24% = 11,24%

PASSO 6 – Verificar os Dados

Verificar se realmente os itens que aparecem como A,B e C estão coerentes com o que deveria ser dentro da realidade do seu estoque.

Enfim, agora que sabemos como definir o agrupamento dos nossos produtos, mão a obra e coloque em prática os ensinamento. Fiquem a vontade para comentar o post. Até. 🙂

Baixe grátis nossa Planilha de Curva ABC: banner materiais educativos
Baixe grátis nossa Planilha de Preços de Promoções: banner materiais educativos

15 thoughts on “Curva ABC na prática

  1. DANIEL

    VAI ME AJUDA MUITO NA PROVA DE HOJE BRIGADO
    SO NAO ENTENDI NA HORA DE CLASSIFICAR A B C MAS OBRIGADO MESMO

    1. tsestoque

      Fico feliz que o post tenha sido útil Daniel! Se desejar pode enviar suas dúvidas para tsestoque@techshift.com.br que vamos responder o mais breve possível. =)

      Agradeço pelo contato e tenha uma ótima semana!

  2. Bruna Silva

    Vai ser muito útil pra minha apresentação, ainda preciso entender algumas coisinhas, mas ajudou muito. Obrigada!!

  3. Léo Boita

    Tenho 2 duvidas a seguir:
    -Qual o Valor Unitário Utilizado ?. refere-se ao Preço de Venda Unitário ou ao Custo Unitário ?.
    -Quanto ao Consumo citado refere-se a quantidade de Saídas do Item (Vendas, Consumos, etc..) ?.

  4. JP

    Bom dia,
    Se tiver a seguinte distribuição de lucros, como poderia dividir por grupos de produtos?

    produto 1 – 26.3%
    produto 2 – 20.48%
    produto 3 – 10.29%
    produto 4 – 3.80%
    produto 5 – 1.47%
    produto 6 – 0.45
    produto 7 – 0.34%
    produto 8 (todos os restantes produtos) – 36.43%

    Obrigado!

    1. tsestoque Post author

      O que a Curva ABC faz é classificar os itens de acordo com a proporção de vendas/valor. Essa relação lhe diz, em porcentagem, o quanto
      um produto representa do seu capital de entrada mas não necessariamente o quanto representa do seu lucro. A distribuição que você
      têm já lhe dar uma informação bem interessante e a separação em grupos pode seguir a mesma lógica da distribuição de Pareto (20% da população com
      80% da riqueza). Ter uma Curva ABC baseada nos lucros é uma boa ideia!

      Veja a planilha de exemplo como poderia ficar sua Curva ABC:
      http://bit.ly/CurvaABCLucro

  5. pricila keli caetano

    me ajudou muito mesmo, obrigado, excelente maneira de explicar.

  6. luciana

    O que eu não entendo é no final como classificar o quem é A, B, C , como fazer essa classificação?

    1. tsestoque Post author

      Boa tarde Luciana! Td bem?

      A classificação em grupos serve para priorizar os seus estoques e a atenção que você e sua equipe oferecem para eles. Produtos do Grupo A são os que representam a maior parcela do capital em vendas
      da empresa mas normalmente são o menor grupo, ou seja, poucos produtos geram a maior parte da receita da empresa e por isso devem ter um controle de inventário com periodos mais curtos, não podem faltar no estoque e devem ter uma maior segurança relacionada a roubos e perdas. Já o grupo B representa produtos com uma importância mediana em relação a preço/volume de vendas. Tambem precisam de atenção mais de forma mais moderada que os do grupo A. E o grupo C normalmente é a maior parte dos produtos do portfólio da empresa mas vendem pouco. São a “cauda da longa” do estoque. ^^

      As tabelas e valores que mostramos nos posts são didáticas e não necessariamente seu estoque será exatamente aquilo. Esses dados servem como base, mas não se preocupe se seu grupo A tiver menos de 10% dos produtos porque não precisa ser exato. São tabela de referência =)

      O comum é se basear nos 70x20x10 (custos) para encontrar, a partir das porcentagens acumuladas, a quantidade de itens em cada grupo. Acontece que você pode encontrar os 10x20x70 ou 10x30x60. O que isso significa?
      No primeiro caso (10x20x70x) você tem que 20% dos produtos do estoque representam 20% das suas vendas e no segundo caso (10x30x60x), 30% dos produtos do estoque são responsáveis por 20% das vendas.

      Pra definir os grupos você vai se basear na coluna % Acumulada. Não a de valor total. Resumindo:

      A partir da coluna %Acumulada:

      -GRUPO A: menor que 70%
      -GRUPO B: entre 70% e 90%
      -GRUPO C: entre 90% e 100%

      Essas porcentagens mudam. Não precisa se prender tanto em tentar definir qual a escolha é mais correta ou vai lhe ajudar mais. Escolher 10x20x70, 15x25x60 vai depender da análise e como você que classificar seu estoque mas o mais comum, segundo pesquisas da área, é trabalhar com 10x20x70. Escolher outro vai mudar a quantidade de produtos sendo priorizados ou não em cada grupo (A,B e C). O que pode ou não impactar nos resultados da empresa.

      Você pode ver essa colunas e o calculo no material da Planilha de Curva ABC que disponibilizamos para download no blog, caso ainda não tenha visto: http://materiais.tsestoque.com.br/planilha-curva-abc

      Qualquer dúvida é só falar! =)

      Abraçoss!

Comments are closed.